Aloe Vera



Aloe Vera é o nome científico da planta popularmente conhecida como Babosa.

 

“Vocês me perguntam quais eram as forças secretas que me sustentavam durante minhas longas jornadas. Bem, foi a minha inabalável fé em Deus, meu simples e moderado estilo de vida, e a Aloe, cujos benefícios eu descobri quando cheguei à África no final do século XIX”.

(Mahatma Gandhi)

CURIOSIDADES SOBRE A ALOE VERA

DOUTOR GREG HENDERSON

Diretor de uma clínica naturista no Estado da Califórnia (EUA)
Médico Quiroprático e Membro do Conselho de Saúde Mental.

 

 

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS E BENEFÍCIOS DA ALOE VERA:

  • NUTRIÇÃO

A Aloe Vera contém uma ampla variedade de vitaminas, e as mais importantes são as antioxidantes vitaminas C e E, e o Beta Caroteno, o precursor da vitamina A. É também uma das poucas fontes vegetais de vitamina B12 – muito útil aos vegetarianos e pessoas que não comem carne vermelha.

A Aloe Vera contém sais minerais como o magnésio, manganês, zinco, cobre cromo, cálcio, sódio e potássio.

O corpo humano precisa de 22 aminoácidos, os “tijolos” das proteínas, e a Aloe Vera fornece muitos deles. Mais importante, ela oferece 07 dos 08 aminoácidos essenciais que não podem ser fabricados pelo corpo e têm que ser adquiridos através da alimentação.

A Aloe é um alimento 100% natural que é absorvido facilmente pelo organismo, e se obtêm grandes resultados tomando pequenas quantidades.

A Aloe Vera é um alimento muito rico em nutrientes e não possui efeitos colaterais conhecidos. Não há contra-indicações nem riscos de interações com medicamentos. Trata-se de um alimento preventivo contra os mais diversos males que acometem a humanidade.

  • DESINTOXICAÇÃO

A Aloe limpa intestinos, fígado e rins.

A Aloe contém um ingrediente que permite que o organismo elimine o colesterol.  .

A Aloe limpa e purifica o sangue no fígado.

A Aloe contém ácido urônico, que elimina certos materiais prejudiciais ao organismo.

A Aloe Vera tem a propriedade de desintoxicar o organismo, eliminando toxinas procedentes do ar que respiramos e dos alimentos que consumimos.

  • REGENERADOR CELULAR

A Aloe é um reparador de tecidos.

A Aloe é um poderoso cicatrizante sobre cortes e feridas.

Uma das principais qualidades da Aloe Vera é ser um estimulante do crescimento celular. Por exemplo, em um corte, a Aloe penetra na ferida e a fecha de dentro para fora.

Quando aplicada em feridas e queimaduras, a Aloe penetra na pele e restitui os fluidos sem impedir que a oxigenação chegue até a ferida, acelera o processo de cura e reduz o tamanho da cicatriz.

Penetra nos tecidos do organismo graças ao seu conteúdo de lignina. A lignina é uma substância que dá à Aloe Vera uma propriedade penetrante, que o faz alcançar as camadas mais profundas da pele.

Pode reduzir hemorragias.

Estimula a granulação – divisão celular.

As enzimas proteolíticas destroem o tecido morto, limpando a ferida.

Cicatriza e previne a formação de quelóides.

  • REEQUILÍBRIO DO SISTEMA IMUNOLÓGICO E AÇÃO ANTIOXIDANTE

Os hospitais nos Estados Unidos que utilizam Aloe estão obtendo um tempo de cura até 50% mais rápido que os outros. Ela é muito utilizada nas terapias de câncer, quimioterapia e radioterapia. Os pacientes que usam Aloe Vera normalmente não apresentam perda de cabelo, não são acometidos por outras doenças concomitantes durante as terapias e respondem muito mais rápido ao tratamento.

A Aloe Vera é mundialmente reconhecida como planta curativa e considerada por muitos como milagrosa.

No entanto, do ponto de vista físico, cabe aqui destacar que o verdadeiro milagre é proveniente do próprio corpo humano.

A babosa é a matéria-prima responsável por fortalecer o organismo humano e este, por sua vez, encarrega-se de disparar o mecanismo necessário para sua melhoria e/ou auto-reparação.

  • ANALGÉSICA E ANTIINFLAMATÓRIA

Um dos principais motivos pelos quais se conhece a Aloe Vera é seu grande poder de aliviar a dor. A explicação é simples. A Aloe Vera penetra nas camadas profundas da pele, tranqüiliza os nervos e reduz a inflamação. Ela é, portanto, um antiinflamatório, e é por isso que as pessoas obtêm bons resultados com o consumo de Aloe quando têm doenças inflamatórias, como artrites. A Aloe penetra nas enzimas que causam a inflamação, combatendo e fazendo com que a inflamação não se estenda.

A Aloe Vera contém os três tipos principais de ácidos graxos que atuam como poderosos agentes antiinflamatórios.

Se sofremos de alguns transtornos intestinais como colite, diverticulite, etc., a Aloe pode solucioná-los.

Anestesia o tecido na zona onde é aplicada, aliviando a dor, mesmo nas camadas mais profundas.

A Aloe Vera tem uma ação similar à dos esteróides como a cortisona, porém sem os efeitos nocivos que esta provoca. Um ponto importante a ressaltar é que a Aloe Vera não contém cortisona, mas contém enzimas e outros elementos que a tornam altamente antiinflamatória.

É anti-séptico e analgésico.

  • DIGESTIVA

Contém lipases e proteases, enzimas que quebram a comida e ajudam a digestão.

  • HIDRATANTE

É um hidratante natural – hidrata todas as camadas da pele.

  • BACTERICIDA, FUNGICIDA E ANTIVIRAL.

A Aloe tem um efeito antibiótico.

A Aloe Vera contém antraquinonas, substâncias que possuem fortes propriedades analgésicas, e são conhecidas, também, por suas ações: bactericida e antiviral.

A Aloe destrói a bactéria que causa a úlcera péptica em 92% dos casos.

É um limpador natural devido à presença de saponinas. As saponinas são substâncias que produzem um poderoso efeito antimicrobiano contra bactérias, fungos e levedos como cândida.

É bactericida quando usada em grandes concentrações durante algumas horas em contato direto com a bactéria.

É viricida quando usada em grandes concentrações durante algumas horas em contato direto com o vírus.

É fungicida quando usada em grandes concentrações durante algumas horas diretamente em contato com os fungos.

As saponinas e as antraquinonas, substâncias presentes no Aloe Vera, promovem em conjunto ações contra bactérias, fungos, levedos e vírus.

É antipruriginoso – faz desaparecer o prurido e o ardor.

É muito eficaz matando cepas virulentas de Tricomonas vaginalis.

Clique aqui para receber um pronto atendimento